Agenda: Cursos Eventos etc., entrevistas, Notícias

Surpresa! Webnario com Arnaldo V. Carvalho hoje, as 20H!

Image result for "arnaldo v. carvalho" entrevista

 

HOJE tem webnário com Arnaldo V. Carvalho:

“Alta performance com os pés no chão: Shiatsu para chegar e permanecer no topo”.

Como sabem, participamos do evento High Stakes Experience, onde conhecemos centenas de pessoas altamente interessadas no Shiatsu Emocional, como ferramenta de transformação, autoconhecimento e desempenho profissional.

Prof. Arnaldo V. Carvalho estará dando um seminário ao vivo via Internet no dia de hoje, 17 de agosto, 20H.

arnie.jpg

Os participantes do evento HSX e os alunos SHIEM já estão inscritos. Agora vamos abrir essa oportunidade especial para toda a comunidade de Shiatsu, Shiatsu Emocional e interessados na terapia.

Cadastrem-se, convidem pessoas, será um momento único de aprendizado!

Abaixo segue a mensagem que enviei para o pessoal High Stakes, que contém toda a informação sobre o evento.

O  tema é: “Alta performance com os pés no chão: Shiatsu para chegar e permanecer no topo”.

Esse Webinar é para pessoas que querem aprender sobre como o Shiatsu pode elevar o seu poder pessoal, emocional e espiritual. Irá acontecer no dia 17/08 às 20:00 horas.
Você pode se participar do Webinar ao vivo, cadastrando-se aqui.
O que é Shiatsu Emocional?
Shiatsu Emocional é um método terapêutico que traz novas significações às teorias e práticas energéticas.
Uma sessão de Shiatsu emocional contém espaço para o silêncio, para o olhar, para a fala, para o corpo. Pode haver relaxamento, meditação, experimentações sensoriais,  alongamentos, exercícios e outras técnicas associadas.
O objetivo maior é equilibrar as emoções e as energias, resgatar a essência, compreender a origem de tudo – equilíbrio e desequilíbrio.

 

E isso tem tudo a ver com as bases para chegar a alta performance.

Clique aqui e se cadastre para o Webinar gratuito.

*Não se esqueça que será HOJE, dia 17/08/2017, às 20:00 horas.

Nessa palestra você irá conhecer também:

  • Cases de sucesso
  • Entenderá como o Shiatsu Emocional entra em seu processo de desenvolvimento pessoal.

E MAIS: O Prof. Arnaldo vai ensinar ao vivo duas sequências de pontos e respirações especiais do Shiatsu para redução rápida da ansiedade e otimização do senso de prioridades.

Então, garanta a sua presença no webinar clicando aqui, e fique ligado no seu e-mail.

 

SAUDAÇÕES DE TODA A EQUIPE SHIEM SHIATSU!

Anúncios
Clipping/Imprensa, Notícias

Curso de Shiatsu em sua cidade? A gente vai!

cropped-shiem_logo41.png

Como levar cursos da Escola de Shiatsu Shiem à sua cidade ou evento

Os cursos da Shiem são hoje uma referência no cenário nacional. Sabemos que os locais onde hoje o oferecemos regularmente (Rio de Janeiro, Niterói, São Paulo, Itacaré e Santa Maria) para muitos são de difícil acesso. Além disso os custos de deslocamento de vários pode ser muito amortizado pelo deslocamento do professor. Assim, estamos abertos a ir onde estão pessoas interessadas em aprender Shiatsu ou se aperfeiçoar na terapia, com qualidade e profundidade.

  • Se você quer montar um curso particular, é só disponibilizar local e um número mínimo de pessoas. Temos toda uma infra-estrutura de apoio e know-how na organização do seu curso, que será oferecida ao organizador.
  • É possível levar nossos cursos para qualquer lugar do Brasil ou exterior.
  • Também podemos ministrar cursos, workshops e palestras em eventos como congressos, simpósios, encontros, etc., e também em ambiente empresarial.
  • Nossa equipe reune professores de alto nível técnico, podendo haver mais de um curso simultaneamente.

Os cursos da Escola SHIEM são garantia de qualidade

Para ter um dos cursos SHIEM em sua cidade, basta fazer contato com escoladeshiatsu@outlook.com

Vamos conversar?

artigos e afins

Mitos e verdades sobre a origem do Shiatsu

As três “histórias do Shiatsu”

Mitos e verdades sobre a origem da terapia

Por Arnaldo V. Carvalho

Há pelo menos três “origens” do Shiatsu anunciadas na Internet, nos livros, e nas falas dos professores da técnica. Uma quarta, menos conhecida ou explorada também surge como hipótese. Para os alunos iniciantes, ou que aprenderam de um jeito e agora deparam-se com informações diferentes da recebida durante a formação, a confusão fica armada. Desmistificamos aqui as principais afirmativas acerca da origem do Shiatsu:

1. Shiatsu é uma técnica da Medicina Tradicional Chinesa

Mito. Tem influência, mas não origem, pelo menos não direta, e a principal corrente do Japão, inclusive, sequer utiliza as teorias da Medicina Tradicional Chinesa. Sabemos da grande influência cultural do continente asiático ao longo do tempo no Japão, sobretudo a partir do século VI. As práticas de saúde fluiam de um lugar ao outro. Formalmente, entretanto,  não se pode afirmar que o Shiatsu tem origem na MTC, embora ela possa utilizar fragmentos de sua teoria, e ainda coincida que a técnica de pressão com os dedos faça parte de práticas de saúde empregadas largamente na China (na verdade, em todo o globo).

2. Tokujiro Namikoshi foi o criador do Shiatsu

Mito. Namikoshi foi um famoso professor de Shiatsu, e sua escola chegou ao auge no pós-guerra. Desenvolveu um estilo próprio, adequado ao pensamento da época, aos desígnios do que ocorria em seu país. Sua escola, atualmente dirigida pelo neto, segue como talvez a mais poderosa do Japão, e possui braços fortes na Europa e América do Norte.

3. Shiatsu deriva da Anma

Em partes. Anma, a antiga massagem japonesa que inclui diversas manobras, entre diferentes variações de digitopressura. É muito possível que o Shiatsu tenha sido uma “especialização” informal dentro da Anma.  (que se tornaria o Shiatsu). Contudo, há pioneiros do Shiatsu, como o citado mestre Tokujiro Namikoshi, que chegaram ao Shiatsu (ou à técnica de pressão com os dedos) por observação empírica, a partir da prática de uma massagem livre, sem nome. 

**

Principais afirmativas devidamente desmistificadas, lanço aos leitores mais uma vez a hipótese com que mais trabalho em meus estudos sobre a história do Shiatsu: a das origens múltiplas. Nos últimos anos, busquei observar a sociedade japonesa da virada do século XIX para o XX, e daí às suas primeiras duas décadas (contexto do aparecimento do primeiro livro a citar Shiatsu no Japão), levando ainda em conta as transformações culturais ocorridas naquele país ao longo dos séculos, e coletando finalmente os resquícios desse momento no anos subsequentes. Considero plausível especular que o Shiatsu surgiu informalmente em diferentes segmentos sociais, que foram aos poucos intercambiando e cunhando uma série de métodos de pressão, hoje agrupados sob o nome “Shiatsu”.

É difícil de se precisar, pois as fontes históricas (registros escritos, pinturas, etc.) – pertencia a uma elite sociocultural muito restrita. Se havia uma forma de Shiatsu praticada nas camadas populares, entre agricultores por exemplo, não temos como provar. Mas há indícios, inclusive preservados no Brasil, através das migrações: Os prováveis primeiros praticantes em nosso país foram eles – e os que vieram pertenciam a tais camadas sociais.

Em paralelo, o Shiatsu era praticado em dojos, atrelados a arte marcial (por sua vez originada dos treinamentos de Samurai e outros de defesa dos Damyos e famílias), e nos templos, como parte das técnicas de cura preservadas junto aos monges (xintoístas e zen-budistas). Desses dois segmentos devem ter se originado os primeiros professores formais, ligadas às escolas técnicas de Amma, surgidas na ocidentalização e massificação da educação relacionada à Restauração Meiji.

Contudo, a prática seguiu e modificou-se no próprio Japão e depois em todo o mundo (leia nosso artigo “os muitos Shiatsus”), apesar das reivindicações deste ou daquele grupo de praticantes como “verdadeiros” ou “fundadores”.

***

 

Arnaldo V. Carvalho, praticante de Shiatsu desde 1993, dedica-se à compreensão histórica do Shiatsu e suas origens, além da preservação de sua memória popular.

Sem categoria

Shiatsu durante a gestação (artigo espanhol)

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/f/f0/Shiatsu_1.jpg

Um texto simples mas que introduz o leitor ao Shiatsu na gravidez. Tradução livre de Arnaldo V. Carvalho, e texto original em espanhol abaixo. A fonte é a revista eletrônica “Ser Padres” (Ser Pais).

No que consiste o shiatsu na gestação?

É uma massagem de origem japonesa a qual o terapeuta pressiona as partes do corpo que ativam os pontos energéticos para equilibrar o organismo. Se trabalha todo o corpo, mas sobretudo as costas, as extremidades e articulações dos joelhos e tornozelos.

 Benefícios

O trabalho que realizam os músculos durante a massagem Shiatsu equilibra o sistema nervoso e favorece o relaxamento. Além disso, se reforça o sistema imunológico e melhira a circulação sanguinea, alivia câimbras nas pernas e as dores nas costas provocadas pelo aumento de peso e volume típicos da gestação.

Contraindicações do shiatsu em grávidas

Até o terceiro mês o terapeuta pode trabalhar com a futura mamãe em qualquer postura e a partir de então se passa a posição lateral, para que a mãe esteja bem acomodada. Há alguns pontos no abdomen que não podem ser pressionados a partir do segundo semestre da gestação.

Além disso, é perfeito para relaxar antes do parto.

Por: Carla Nieto
Assessores: Dr. Jalloul Talal, Ginecologista e Obstetra da USP Hospital San José e Rafael Torres, vicepresidente da Asociación Española de Médicos Naturistas (AEMN).

¿En qué consiste el shiatsu en el embarazo?

Es un masaje de origen japonés en el que el terapeuta presiona las partes del cuerpo que activan los puntos energéticos para equilibrar el organismo. Se trabaja todo el cuerpo, pero sobre todo la espalda, las extremidades y las articulaciones de rodillas y tobillos.

Beneficios

El trabajo que realizan los músculos durante el masaje de shiatsu equilibra el sistema nervioso y favorece la relajación.
Además, se refuerza el sistema inmunológico y mejora la circulación sanguínea, alivia los calambres en las piernas y los dolores de espalda provocados por el aumento de peso y de volumen típicos del embarazo.

Contraindicaciones del shiatsu en embarazadas

Hasta el tercer mes el masajista puede trabajar con la futura mamá en cualquier postura y a partir de entonces se pasa a la posición lateral, para que la madre esté cómoda. Hay algunos puntos como el abdomen que no pueden presionarse a partir del segundo trimestre de embarazo.

Además, es perfecto para relajarse antes del parto.

Por: Carla Nieto
Asesores: Dr. Jalloul Talal, Ginecólogo y Obstetra de USP Hospital San José y Rafael Torres, vicepresidente de la Asociación Española de Médicos Naturistas (AEMN).

FONTE: http://www.serpadres.es/embarazo/segundo-trimestre/shiatsu-reiki-embarazo-cursos-preparacion-parto.html

artigos e afins, Traduções

Shiatsu y Stress, bom artigo espanhol sobre Shiatsu

Rene Lopez, terapeuta de Barcelona, escreveu há alguns anos esse artigo simples e direto sobre o Stress e como o Shiatsu é especialmente indicado. Segue uma tradução livre, com a indicação para que conheçam o trabalho deste profissional e outros de seus textos, no site: http://www.shiatsuren.es.tl

Shiatsu y Stress

Por Rene Lopez

Tradução de Arnaldo V. Carvalho

A continua adaptação ao meio em que vivemos nos leva a um estado de superexcitação e nervosismo que afeta nossa saúde.

A cada dia enfrentamos situações que ativam nossos mecanismos de alerta e que injetam em nossa corrente sanguínea uma série de substâncias que têm o objetivo de dar resposta às ameaças. Como atualmente a resposta se vê reduzida a uma atitude mental e não há uma ação física, não podemos transformar e eliminar estas substancias e elas permanecem em nosso corpo, intoxicando-o.

Receber shiatsu de una maneira contínua ajuda nosso corpo a eliminar tais substâncias, e a equilibrar o sistema nervoso, fazendo-nos chegar a um estado de repouso e quietude tanto em nível físico como mental e emocional.

A pressão efetuada no Shiatsu tem um efeito de equilíbrio sobre o sistema de alerta e repouso, e o leva a uma sensação de relaxamento profundo, similar ao que experimentamos na fase profunda do sono.

Dedicarmos uma hora de shiatsu na semana nos permite criar um espaço interior de calma, que nos ajuda a enfrentarmos melhor as pressões e tensões da vida moderna. Também nos serve para ter consciência de como a tensão produzida pelo stress afeta nosso corpo, produzindo tensão muscular em determinadas zonas.

O objetivo principal do Shiatsu é o de manter a saúde e prevenir futuros desequilíbrios, o que o torna uma ferramenta de trabalho adequada para trabalhar sobre o stress e prevenir futuros problemas. O efeito do stress começa em um nível mental-emocional, logo passa ao sistema circulatório e ao muscular, e se não se corrige, penetra nos órgãos profundos. Por este motivo é muito importante trabalhar sobre ele quando se produzem os primeiros sintomas.

Definitivamente, o shiatsu, junto a outras técnicas orientais ou alternativas, nos brindam com a possibilidade de enfrentarmos melhor a vida moderna, a ter um melhos conhecimento e consciência de nosso estado, e a fazer um trabalho preventivo que nos fará disfrutar de uma vida mais plena e relaxada.

RENE LOPEZ

“Shiatsu é permitirmos confiar, desfrutar com nosso movimento e harmonizar nosso corpo”

FONTE:

http://www.shiatsuren.es.tl/Shiatsu-y-stress.htm?PHPSESSID=a7944542c2d0b80bc1a4850da52d72be

TRADUÇÃO:

ARNALDO V. CARVALHO

La continua adaptacion al medio en el que vivimos nos lleva a un estado de sobreexcitacion y nerviosismo que afecta a nuestra salud.

Cada dia nos enfrentamos a situaciones que activan nuestros mecanismos de alerta y que inyectan en nuestro torrente sanguineo una serie de sustancias que tienen el objetivo de prepararnos para dar una respuesta a las amenazas. Como en la actualidad la respuesta se ve reducida a una actitud mental y no ha una accion fisica, no podemos transformar y eliminar estas sustancias y se quedan en nuestro cuerpo intoxicandolo.

Recibir shiatsu de una manera continua ayuda a nuestro cuerpo a depurarse de estas sustancias y a equilibrar el sistema nervioso, haciendonos llegar a un estado de reposo y quietud tanto a nivel fisico como mental y emocional.

La presion efectuada en el shiatsu tiene un efecto de equilibrio sobre el sistema de alerta y reposo, lo que conlleva a una sensacion de relajamiento profundo similar al que experimentamos en la fase profunda de sueño.

Dedicarnos una hora de shiatsu a la semana nos permite crear un espacio interior de calma, que nos ayuda a enfrentarnos mejor a los retos y tensiones de la vida moderna. Tambien nos sirve para tener consciencia de como la tension producidad por el stress afecta nuestro cuepo produciendo tension muscular en determinadas zonas.

El objetivo principal del shiatsu es el de mantener la salud y prevenir futuros desequilibrios por lo que nos aporta unas herramientas de trabajo adecuadas para trabajar sobre el stress y prevenir futuros problemas. El efecto del stress empieza en una nivel mental-emocional, luego pasa al sistiema circulatorio al muscular, y si no se corrige penetra en los organos profundos. Por este motivo es muy importante el trabajar sobre el cuando se producen los primeros sintomas.

En definitiva el shiatsu junto a otras tecnicas orientales o alternativas, nos brindan la posiblidad de enfrentarnos mejor a la vida moderna, a tener un mejor conocimiento y consciencia de nuestro estado y a hacer un trabajo preventivo que nos hara disfrutar de una vida mas plena y relajada

Notícias

Stand Shiatsu Emocional na High Stakes Experience

2500 pessoas buscando uma experiência transformadora e lá estará o Shiatsu.

Nosso Stand no evento High Stakes Experience está pronto, para receber a todos, amanhã 14 de julho de 2017, a partir das 8H da manhã.

Sejam todos bem vindos!

Clipping/Imprensa, Notícias

High Stakes Experience: O Shiatsu Emocional estará lá!

Vcs já sabem onde o Shiatsu Emocional estará esse final de semana?
Imaginem Troia. Um lugar jovem, efervecente, querendo mudar o mundo. Imaginem um cavalo de presente, por dentro recheado com uma surpresa… Uma surpresa boa, de pura transformação. Somos nós: A Shiem está levando esse cavalo de cura, como presente para Troia – High Stakes. E dali virá muita coisa boa!

Olha onde estaremos nesse final de semana! http://highstakes.co/hsx/

– Conheça o HIGH STAKES EXPERIENCE –

HSX1

hsx3

Shiatsu e Cultura Japonesa

Você sabe o que é um Tori?

Image result for spirit of japan

Os Toris, no Japão são portais místicos, que comunicam o mundo presente, visível, mortal, com o dos Kamis (leia nosso artigo sobre Shiatsu e a cultura espiritual japonesa aqui, aqui e aqui). Um portal de transcendência, entre o puro e sagrado e nossa vida terrena.

Há milhares marcando a presença de locais sagrados, tanto para xintoístas como para zen-budistas.

Você consegue perceber o processo transformador do Shiatsu? Ele também é um Tori.

(Arnaldo V. Carvalho)

 

 

artigos e afins

A prática do Shiatsu é para todos?

Praticar o Shiatsu: Uma reflexão sobre acessibilidade à prática

Arnaldo V. Carvalho*

Ainda me lembro com pesar de um episódio que vivi como aluno em um curso de Shiatsu. Era um excelente curso, desses que influenciam a vida. Porém, no primeiro dia, uma aluna, quando do momento da prática (executada no chão) revelou ter problemas no joelho. O professor foi taxativo: “quem tem problemas no joelho não pode fazer Shiatsu”. Pouco tempo depois, um mestre de origem chinesa, já bem idoso, que me disse que já não podia mais trabalhar porque “não tinha mais força”.

Anos depois, quando comecei a dar minhas aulas, prometi para mim mesmo que criaria condições alternativas para que qualquer pessoa pudesse se beneficiar do Shiatsu, enquanto praticante, performando sessões, no chão ou na maca. De lá para cá – o primeiro curso foi em 1999 se não me engano, vivi uma série de situações que me impuseram todo tipo de desafio.

Me lembro com carinho de um caso em particular. Uma senhora japonesa, já de idade, com prótese total de joelho. Criamos posições alternativas e o uso temporário de um bastão de equilíbrio em determinados momentos. Esse bastão tem sido usado por muitos alunos.

De lá para cá, criamos todo tipo de adaptações. Pessoas com todo tipo de limitações físicas, transtornos vasculares, esclerose múltipla, deficiências físicas e sensoriais variadas, etc. já experimentaram praticar Shiatsu comigo – e aprender a fazer. Para cada limitação, há uma solução.Não é que os obstáculos tornem as coisas tão fáceis: compreendo que é saudável que o corpo se mexa na medida do possível, que haja esforço durante o processo. Esse esforço corporal, é na verdade a inclusão do mesmo no processo.

É importante premissa que o corpo e a mente participem do processo de forma integrada, dentro do possível, e que o portador da limitação se esforce. Faz parte de sua própria terapia interna se desafiar.

Dicas

– Professores de Shiatsu devem pedir para, os candidatos a seus cursos se posicionarem quanto às suas limitações. É preciso diálogo para que ambos aceitem as limitações impostas. Da parte do professor, criatividade, conhecimento biomecânico, e senso de desafio são necessário. Da parte do aluno, a vontade de aprender e se superar. Não se deve iniciar um curso sem esse acordo prévio, e não há nada de mal em uma das partes (professor ou aluno) repensar sua participação caso sinta que não tem condições de lidar com a limitação.

– O Shiatsu é uma prática preferencialmente executada no chão, e pode, caso se demore muito, cansar as articulações, especialmente se o praticante não atuar com boa postura. Caso a prática se torne constante e seja aplicada corretamente, será observado que as articulações se toram  mais fortes, o corpo mais flexível e as does iniciais desaparecem.

– Em alguns casos, pode-se utilizar a maca, que terá seu ônus (consulte nosso artigo sobre o tema), mas as vezes inevitável. O revezamento entre as duas formas de trabalho é igualmente possível.

– O Shiatsu que utiliza força cansará o corpo e desgastará articulações. O que fazemos é o uso dos contrapesos e alavancas corporais. Qualquer pessoa com 18Kg (o peso médio de uma criança de 5 anos – que aliás já consegue fazer um ótimo Shiatsu) pode utilizar o próprio peso corporal para praticar, ao invés de usar a força.

– Sedentários de todas as idades poderão sentir dificuldade no início, mas com a prática, se tornarão mais flexíveis, fortes e harmoniosos. Se as posturas e movimentos utilizados forem corretos, é questão de insistir.

Perspectivas

Em suma, para praticar o Shiatsu não é preciso ser atlético ou jovem, nem flexível. Também não importa se a pessoa é cardíaca, diabética, ou esteja em recuperação. Ao contrário, só vai fazer bem a ela (a menos que haja orientação médica restringindo expressamente qualquer forma de movimentação física, ainda que suave).

Se há exceções ao poder fazer Shiatsu? Talvez na distância ou em ser consciente. Em minha experiência, ainda está para vir o desafio do praticante tetraplégico.

Meu próximo passo será agora o de formar a primeira turma de praticantes cadeirantes. Como será isso? Conto em breve.

* * *

* Arnaldo V. Carvalho, praticante de Shiatsu desde 1993, autor do livro Shiatsu Emocional, estudante de pedagogia, mediador de inclusão em sua graduação.

 

 

Agenda: Cursos Eventos etc.

Curso de Shiatsu em Niterói inicia nesse final de semana. Ainda há vagas

Com boa procura, curso estreia no Pela Vidda com o Prof. Hirã Salsa

A ONG Pela Vidda sediará, pela primeira vez, um curso da Escola de Shiatsu SHIEM. No próximo sábado, 6 de maio, a parceria promove o Shiatsu Formativo, curso que oferece as bases para a prática de um Shiatsu completo, de qualidade, dentro da estrutura teórica da Escola Shiem.

Ministrado pelo Prof. Hirã Salsa, o curso abrange dois finais de semana completos (6 e 7, 20 e 21 de maio, de 9H às 18H) sendo em formato intensivo.

Os conteúdos possuem equilíbrio teórico e prático, e abordam os aspectos fudamentais do Shiatsu, desde a conceitualização do pensamento oriental acerca da saúde, passando por reflexões sobre a energia vital, os meridianos, a psicossomática e o Shiatsu Emocional, até mesmo o passo a passo para uma prática segura e eficaz da terapia.

Hirã Salsa é membro da Associação Brasileira de Shiatsu; É ainda praticante avançado e professor oficial da Escola de Shiatsu SHIEM. O professor, já vem coordenando atendimentos sociais na ONG Pela Vidda, que abrigará o curso.

Restam poucas vagas.

Contato: (21) 99830-5858 ou escoladeshiatsu@outlook.com