Clipping/Imprensa, Notícias

Shiem se posiciona acerca do processo eleitoral de 2018

Resultado de imagem para paz

Acreditamos que o praticante de Shiatsu se caracteriza pela reflexão, ponderação, e compromisso com a Paz. Nosso voto sempre será pelo amor, pela gentileza, pela doçura. Nunca pela truculência.

Repudiaremos sempre todo e qualquer discurso de ódio e seus oradores. Seguiremos acreditando na força da Empatia entre os seres humanos, de onde reside o verdadeiro poder de restauração da Vida de nossa terapia Shiatsu e de todas as outras formas de reequilíbrio onde é necessário haver o outro, escutar o outro, tocar e ser tocado pelo Outro.

Recomendamos o artigo do Prof. Arnaldo V. Carvalho, “Shiatsu e Participação Política“, que explica mais sobre as relações entre Shiatsu e a interação do praticante com o mundo em que vive.

– Bom voto a todos amanhã! –

Equipe SHIEM, em nome de toda a comunidade de praticantes espalhada pelo Brasil e exterior

Anúncios
Notícias

Shiem leva curso de Shiatsu para Cabo Frio, RJ

shiem_cabofrio.jpg

Em novembro, a Comunidade Shiem, com sua Escola de Shiatsu, estará oferecendo seu curso intensivo de Shiatsu e Shiatsu Emocional, ministrado em dois finais de semana.

O professor Hirã Salsa, responsável pelo Núcleo Niterói da Shiem e coordenador do Shiatsu Social do Grupo Pela Vidda (em parceria com a Shiem), estará a frente desse curso, que já iniciou praticantes da terapia japonesa em todo o país e exterior.

Evento do curso no Facebook

Inscrições do curso no site Eventbrite

Mais sobre o curso

Um dos melhores cursos de Shiatsu do Brasil. Somos completos em conteúdo, valorizamos o sistema vivencial de aprendizado, focando na experimentação prática da teoria. Oferecemos o diferencial de abordar os aspectos emocionais com profundidade.

A porta de entrada para um sistema de ensino que apoia a prática do Shiatsu de forma permanente e autêntica!

O Curso Intensivo de Shiatsu e Shiatsu Emocional é o acesso para a compreensão e aplicação do Shiatsu e o Shiatsu Emocional de modo eficiente e seguro. Aborda os aspectos emocionais da terapia com a profundidade apropriada e através dele mostra ao aluno a visão oriental acerca da saúde humana.O intuito é apresentar aos interessados que trabalham (ou não) com terapias corporais, psíquicas e comportamentais (massoterapias, psicoterapia, psicologia, etc.) as leituras arquetípicas das relações entre corpo, meridianos e emoções.

Pré-requisitos e Público Alvo

Não existe nenhum pré-requisito.É recomendado a todos os profissionais que atuam com MTC, Shiatsu, psicólogos, bem como os demais profissionais de saúde que desejam enxergar além do horizonte físico atuar no campo emocional; aos psicólogos que desejam fazer uso de uma abordagem corporal, e aos terapeutas corporais que desejam passar a ter o corpo não como fim, mas como meio para equilibrar o ser. A quem busca ampliar seus conhecimentos e, consequentemente, sua qualidade de vida.Aqueles que desejem apenas o uso familiar do Shiatsu sentirão segurança na aplicação do dia a dia. Os que pretendem adotar o Shiatsu como método profissional, tenha qualificação prévia ou não têm possibilidade de seguir pelo programa completo de formação, que consiste de módulos avançados, participação em grupo de estudos, treinamento individual e de grupo, entre outras ações.

No programa:

Prática do Shiatsu: Toque, ergonomia, formas de pressão, sentir e seguir o corpoRespiração e atenção plenaKi (Energia vital; Yin-yang; Circulação de energia pelo corpo)Padrões dolorosos e energiaOrigem, evolução e modalidades do Shiatsu;As matrizes técnicas do Shiatsu;Introdução à Medicina Oriental – Raízes, o Tao, as influências culturais;Os 12 Meridianos principais e suas funções emocionais;O estilo Shiatsu Emocional;Introdução à percepção do Hara;Corpo sensorial e Shiatsu: otimizando teoria e prática;Tratamento dos principais desequilíbrios emocionais através do shiatsu;Exercícios práticos e Prática Básica, com orientação ergonômica e postural.Como ultrapassar o protocolo básico através da compreensão, percepção e das Zonas de Entrada

Carga horária: 32H

O curso oferece:

  • Apostila eletrônica completa com anexos em prática de atendimentos específicos, aromaterapia e extensa bibliografia,
  • HD VIRTUAL riquíssimo em informações complementares, como livros virtuais, artigos, imagens, músicas., etc.
  • Ingresso na comunidade Shiem com acesso a grupos virtual e presencial de estudo continuado (grátis por um ano)
  • Candidatar-se a admissão no curso de Shiatsu e Shiatsu Emocional Avançado,
    Certificado de participação e lanches.
Artigos e afins, Clipping/Imprensa, Notícias

Nossa borboleta chora o Museu Nacional

luto shiemA

A Shiem, Comunidade de praticantes de Shiatsu, chora hoje pela irreparável perda do Museu Nacional do Rio de Janeiro.

Temos consciência do que representa esta perda para a humanidade. Nosso carinho a todos os que hoje sofrem como nós.

Artigos e afins

Do Rio a Palmas em meio às questões nacionais: o posicionamento da Shiem diante dos últimos acontecimentos

cropped-shiem2.gif

No meio à turbulência grave que estamos vivendo, um curso ameaçado é o menor dos males do Brasil. Mas como a parábola do incêndio e do beija-flor, acreditamos que as pequenas atitudes valem. Por isso, a decisão de publicar essa mensagem, para que se some a outros esforços de nosso povo. O curso está mantido, e ficará marcado na história de nossa escola e comunidade como mais um ato de cidadania entre tantos outros que estão ocorrendo nesse momento. (Arnaldo).

Carta aberta aos brasileiros e habitantes da cidade de Palmas acerca do curso de Shiatsu a ocorrer entre os dias 31 de maio e 3 de junho nesta cidade:


Rio de Janeiro, 29 de maio de 2018

Queridos interessados e participantes do curso de Shiatsu promovido pela Shiem Shiatsu e Tatiany Yoshimi em Palmas:

Temos um compromisso com todos os que se inscreveram e estarão lá. Acredito que estar em Palmas nesse momento é inclusive um compromisso pessoal de colaborar com o país, pois quanto mais deixamos as coisas nos levarem, quanto menos reagimos e buscamos alternativas, quanto mais nos fazemos reféns em nossas próprias casas, mais acredito que a opressão nos torne presas fáceis.

Estar no curso é, para mim, uma forma de reivindicar o espaço que todos nós programamos para ter de quinta a domingo. Não vamos deixar que tirem isso de nós.

Há opções? Uber? Pode-se pensar em esquemas de caronas? Transporte público? Dormir na casa de quem mora perto? Em meio à necessidade de difíceis escolhas, que envolvem perdas e ganhos, confortos e desconfortos, digo que vale, vale muito a pena não se contentar e buscar caminhos. E valerá cada segundo de nosso encontro – o Shiatsu vai fazer valer, e os que conhecem a terapia com profundidade podem confirmar o que estou dizendo.

De nossa parte, fizemos um planejamento com muita antecedência, investimos financeiramente, e nesse momento já não importa tanto ter o retorno material antes esperado. O que mais interessa é ver mais pessoas fazendo Shiatsu em Palmas, compreendendo o quanto suas lições são importantes para se vencer o medo, para tornar pensamento e ação uma coisa só, para ajudar na ponderação e no enfrentamento com base na união. Nos interessa confirmarmos que Shiatsu é atitude e é colocar a força na energia da Abundância.

Estou saindo do Rio de Janeiro amanhã a tarde, chegando em Palmas a noite. Deixo família, filhos pequenos (a quem eu crio e cuido DE FATO), clientes, para honrar meu compromisso com vocês, e fazer a vida fluir.

Que nosso curso seja ponto de resistência contra toda e qualquer energia negativa e paralisante que assola esse país e suas pessoas.

Quem quiser estar conosco, será um privilégio para mim.
Um abraço de coração.

Arnaldo V. Carvalho
Shiem – Escola e Comunidade de Shiatsu

Artigos e afins, Clipping/Imprensa, Notícias

A história do Shiatsu Emocional, da Escola de Shiatsu e da Shiem Shiatsu

A evolução do curso de Shiatsu e Shiatsu Emocional da Shiem

1994 – Prof. Arnaldo faz seu primeiro curso de Shiatsu, com Gilberto Sonoda em Niterói.

1999 – Prof. Arnaldo ministra aula de semiologia energética no curso de Naturopatia do CENA. 2000 – Lança seu curso livre “Aprenda a fazer Massagem, onde 50% da carga horaria é preenchida com Shiatsu e seus fundamentos.

2001 – Lançado o curso de Shiatsu Expresso, o primeiro do Rio de Janeiro sobre o uso do Shiatsu na cadeira especial de massagem.

2002 – Em participação no Simpósio de Educação Física e Desportos do Sul do Brasil da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Arnaldo V. Carvalho ensina sobre técnicas orientais.

2003 – Prof. Arnaldo ministra a primeira Oficina de Shiatsu e Controle Mental para Adolescentes, e o primeiro curso “Casal Pleno” de Shiatsu para casais.

2004Primeira oficina de Shiatsu Emocional, em Salvador, Bahia. Ocorrem cursos ainda em Niterói e no Rio de Janeiro.

2005 – A oficina virou o Curso Básico de Shiatsu Emocional, e foi levado para Campina Grande. I Curso de Massagem para bebês, incluindo o Shiatsu como técnica. Grupo de estudos do Yahoogrupos! criado.

2006 – Curso Básico de Shiatsu Emocional em Caruarú e Florianópolis. Pela primeira vez, um SPA adota o sistema de Shiatsu Emocional adaptado à atividade (Costão do Santinho).

2007 – Curso básico chega a São Paulo, Vitória, Itacaré e Curitiba. O símbolo da Borboleta é incorporado ao Shiatsu Emocional. Lançado o livro Shiatsu Emocional. Shiatsu Emocional apresentado no Encontro da Nova Consciência, em Campina Grande. Shiatsu Emocional apresentado no Congresso Brasileiro de Psicoterapia Corporal, em Curitiba.

2008 – Curso básico chega a Cuiabá, Estados Unidos e Portugal. Criado curso intermediário, com primeira turma em Itacaré. Curso passa a incorporar além da apostila um CD com uma diversidade de conteúdos sobre Shiatsu. Palestra vivencial de Shiatsu Emocional no Hotel Ponto de Luz, em Joanópolis.

2009 – Curso básico chega a São José do Vale do Rio Preto e ao Japão. Ministrado seminário de Shiatsu e Emoções no Congreso Internacional de Shiatsu, Madri, Espanha. Curso incluindo o Shiatsu em Belém. Vai ao ar site do Shiatsu Emocional em versão WordPress.

2010 – Surge o programa de formação, dividido em Básico, Intermediário e Avançado. Primeira turma intermediária sob novo formato em Teresópolis.

2011 – Curso básico chega a Aiuruoca, Espanha, Itália e Grécia. Participamos diretamente da formação da Associação Brasileira de Shiatsu.

2012 – Curso básico chega a Santa Maria. Criado o grupo Shiatsu Emocional no Facebook.

2014 – O nome Shiem passa a ser adotado, assim como o símbolo da Casa para a escola. Criada a página da Escola de Shiatsu Shiem no Facebook. Trouxemos ao Rio pela primeira vez o curso de Reflexologia dos Pés pelo sistema japonês, do Prof. Valério Lima. Participamos equipe profissional de Shiatsu em evento corporativo, no Rio de Janeiro. Lançado o Manual do Aluno Shiem. Parceria de mútuo reconhecimento com escolas Kangendo (Goiânia) e Kenko (Porto Alegre) faz surgir a Aeshi. Trouxemos a  Niterói pela primeira vez a Constelação Familiar dos Cinco Elementos com Prof. Emerson Bastos (Inglatera).

2015 – Trouxemos ao Rio o curso de Alinhamento Estrutural do Prof. Emerson Bastos (Inglaterra). Lançamos nossa Camiseta! Palestra sobre Shiatsu e emoções em Porto Alegre

2016 – Adriana Benazzi, Hirã Salsa e Nathalia Tupinambá, praticantes avançados, recebem autorização para ministrar cursos pela Shiem. A Escola de Shiatsu Shiem se estrutura.

2017A formação é ampliada. Surgem os cursos Shiatsu Essencial, Formativo e Avançado, e os demais da formação são extintos. I Congresso Internacional de Shiatsu Online da Shiem. Participação da Shiem na High Stakes Experience, São Paulo, onde lançou o slogan “Shiatsu para Transformar”. Shiatsu apresentado no Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro – ISERJ. Lançado primeiro vídeo com dicas de pontos aos alunos. Apresentado trabalho de conclusão de relacionando a pedagogia usada no ensino de Shiatsu da Shiem com os princípios da pedagogia acadêmica. Juliano Antoniassi recebe autorização para ministrar cursos pela Shiem. Surge o entendimento de Shiem como comunidade intencional.

2018 – Realizado o I Curso de Formação de Professores de Shiatsu. A formação é novamente remodelada, o Formativo aglutina os conteúdos do Essencial e se estende para além desses. Isso permite o Avançado também ser remodelado e expandido. Primeiro Formativo em Palmas.

Conheça! Torne-se um praticante de Shiatsu e
Venha fazer parte da Família Shiem!

__

Parte dessa história está em fotos (exclusivamente para praticantes Shiem): 

https://br.groups.yahoo.com/neo/groups/shiatsuemocional/photos/albums (o grupo de estudos do Yahoogrupos! Anda parado mas ainda está disponível a todos os membros da Família Shiem!

Novas técnicas e abordagens

Entrevista com David Ventura, do Shiatsu Movimento

FullSizeRender(1)

Mestre de Shiatsu barcelonês traz o Shiatsu Movimento para o Brasil

Com a forte presença das colônias japonesas, a área das terapias tradicionais do país oriental é uma marca pelo Brasil, especialmente no eixo sul-sudeste. O Shiatsu, contudo, seguiu evoluindo fora do Japão, e novos estilos, métodos e escolas foram criados.

David VenturaUm deles é o Shiatsu Movimento, o qual tem como um de seus principais professores o professor David Ventura, que virá nos dias 5 e 6 de maio para ministrar um workshop inédito no Brasil. Gentilmente, ele nos ofereceu a entrevista abaixo, que esperamos, possa ajudar os brasileiros a saberem um pouco mais e vir a conhece-lo.

 

SHIEMComo você chegou ao Shiatsu? E ao Shiatsu Movimento?

VENTURA: Cheguei ao Shiatsu Movimento em Londres, em uma viagem que fiz há trinta anos e em princípio foi quase por casualidade. Me encontrei com uma professora de dança que havia tido em Barcelona e ela estava se formando em Shiatsu, me deu um par de sessões, me apaixonei por seu trabalho e a partir daí comecei a formação no mês seguinte, na “British School of Shiatsu” [Escola Britânica de Shiatsu]. E quando estava terminando minha formação em Zen Shiatsu (1986) conheci Bill Palmer, fundados do Shiatsu Movimento e a partir de então continuei com o Shiatsu Movimento, que me fisgou.

SHIEM: Quais seriam as principais características do Shiatsu Movimento?

VENTURA: O que diferencia o Shiatsu Movimento de outros tipos de Shiatsu é que insistimos e buscamos principalmente que a pessoa que nos venha ver aprenda algo com a sessão, algo que lhe seja útil para a vida diária e adquira ferramentas para ser autônomo, mais autossuficiente e portanto possa manejar-se melhor em sua saúde, e encontre modos de resolver conflitos.

Por outro lado, em nível mais concreto nós nos centramos em dois aspectos centrais, que são o processo em que o cliente está, não tanto em resolver ou fazer um diagnóstico e a partir daí um tratamento, senão o que nos interessa é como fazer com que a sessão seja útil ao cliente. Repito, o que fazemos é levar a atenção ao processo, de maneira que ajudamos o cliente a tomar consciência de onde está, que ferramentas tem disponíveis e que quer fazer se é que quer fazer alguma mudança. Nosso trabalho é acompanhar e promover essa consciência, essa tomada de consciência e essa necessidade de fazer mudanças. Mas não buscamos essas mudanças, não é nosso interesse. O que nos interessa é que a pessoa encontre essa necessidade em si mesma. Em suma, pensamos que resolver conflitos ou dores, ou curar não é o que nos interessa, não é o que queremos e isso diferencia Shiatsu Movimento de outros tipos de Shiatsu.

IMG_1117

Então o primeiro aspecto fundamental é o processo, o segundo é a qualidade de relação que estabelecemos com o cliente porque consideramos que o que faz com que o Shiatsu seja útil ou eficaz tem a ver com a qualidade que estabelecemos na relação com o cliente. Nós estamos lá para lhes acompanhar, não estamos para dizer-lhe que tem de fazer ou que tem que mudar, senão para propor aquilo que possa ser necessário e útil para ele. Mas a partir de que ele mesmo tome suas próprias decisões.

E um último aspecto é o conceito de Movimento. Entendemos que o Shiatsu não é algo estático, senão que queremos que o cliente participe da sessão, tenha uma atitude ativa e ao mesmo tempo propomos exercícios, movimentos, do tipo que seja para facilitar a compreensão da lição a qual estamos envolvidos. Dito de outra maneira, propomos e damos exercícios ao cliente, que poderá fazer por sua conta, e dentro da sessão promovemos que o cliente se mova sempre que precise, inclusive levantando-se, movendo-se, utilizando o espaço usado pela sessão. Quer dizer, não trabalhamos apenas no solo, senão que o movimento facilita a tomada de consciência.

Resumindo, seriam três aspectos: o movimento, a qualidade do contato e o processo.

SHIEM: O que conhece sobre o Shiatsu aplicado no Brasil?

VENTURA: O que conheço do Shiatsu no Brasil… Conheço muito pouco. Sei que há bastante Shiatsu no Brasil mas conheço muito pouco.

SHIEM: Será sua primeira vez no país? Está animado em nos conhecer?

VENTURA: Não é minha primeira vez no Brasil. Estive há 27 anos de férias e me encantou, estive em toda a Região Norte. E claro, tenho muita vontade em conhece-los e oferecer que conheçam Shiatsu Movimento às pessoas do Brasil. Não só gente do Shiatsu, senão a todas as pessoas interessadas em processos terapêuticos, porque creio que Shiatsu Movimento não é só para quem faz Shiatsu, mas também que seus princípios podem ser aplicados a qualquer terapia corporal ou verbal.

***

Serviço:

Workshop de Shiatsu Movimento com David Ventura
. 5 e 6 de maio, em São Paulo, SP. Organizado por Paragaté – Centro de Desenvolvimento Humano (Argentina).

Maiores informações via e-mail centro.paragate@gmail.com ou na página do workshop (Facebook).

Agenda: Cursos Eventos etc., Notícias

Trabalho de conclusão de curso disserta sobre o método de ensino no Shiatsu e suas possibilidades para a Pedagogia Escolar

A III Jornada de Iniciação Científica do ISERJ, que ocorrerá nos dias 26 e e 27 de outubro, na sede da instituição (Rua Mariz e Barros, 273, Praça da Bandeira, Rio de Janeiro, RJ), onde nosso coordenador Prof. Arnaldo V. Carvalho apresentará seu pré-projeto de TCC, com título provisório:

ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS APLICADAS NO ENSINO DE SHIATSU

Não se tem notícias de trabalho anterior explorando o assunto. O ensino do Shiatsu no Brasil e no mundo é pouco questionado, pouco debatido, em função da terapia ser originada em um contexto extremamente prático.

Segue aqui, em primeira mão, o resumo do trabalho:

RESUMO

Este trabalho apresenta resultados de pesquisa desenvolvida, no âmbito da escrita do trabalho de conclusão de curso (TCC), a partir das discussões sobre estratégias pedagógicas no ensino de Shiatsu, suscitadas, em grande parte, por leituras e reflexões realizadas no exercício do trabalho pessoal com Shiatsu e no curso de Pedagogia. Trata-se de uma abordagem temática, por meio da qual o autor discorre sobre o que é Shiatsu, sua historicidade e os modelos pedagógicos de ensino e prática. Por fim, contrasta os métodos desenvolvidos com as teorias e práticas escolares. Fundamenta-se em autores como JARMEY (1991); SOHAKU (1999); LIBÂNEO (2011); OHASHI (1982); CARVALHO (1999, 2001, 2007, 2012, 2017); VAUGHAN (2011); TOMAZI (1997); e PACHECO (2012). O argumento que o autor desenvolve é o da necessidade de desconstrução do modelo padrão de ensino de um conteúdo que ainda persiste.

A programação completa da Jornada Científica do ISERJ pode ser encontrada aqui:

Em paralelo a Jornada Científica, ocorrerá um evento de projetos de extensão, onde a Shiem Shiatsu estará oferecendo mini-oficina de Shiatsu e atendimentos gratuitos de experimentação e demonstração. Saiba mais aqui e também aqui.

 

Agenda: Cursos Eventos etc., Notícias

Escola de Shiatsu SHIEM realiza oficina e atendimentos no Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro (ISERJ)

No próximo dia 26 de outubro (próxima quinta-feira), a Escola Shiem estará oferecendo de forma gratuita e aberta ao público oficinas de aprendizagem de Shiatsu e atendimentos gratuitos, no I Encontro de Projetos de Extensão”, do curso de pedagogia do ISERJ.

É isso mesmo: o grande complexo erguido nos anos de 1930, que abriga a mais tradicional instituição pública voltada à formação de professores no país, estará aberto pela primeira vez e por apenas um dia, a quem desejar saber mais sobre o Shiatsu, aprender um pouco, praticar e receber benefícios da terapia.

O evento, com o tema ORIENTE-SE, mostra uma programação variada e de interesse tanto dos estudantes como da comunidade em geral. Ele ocorre na sede do ISERJ, na Rua Mariz e Barros, 273 (Praça da Bandeira, Rio de Janeiro, RJ).

A participação da SHIEM têm coordenação geral de Arnaldo V. Carvalho e de equipe por Juliano Antoniassi.

Confira abaixo os horários da programação do Shiatsu durante o encontro. E consulte o Folder (imagens) para as demais atividades.
SHIATSU NO ORIENTE-SE (Encontro de Projetos de Extensão do ISERJ)
com a ESCOLA DE SHIATSU SHIEM – DIA 26
    7:30 Meditação
    8H Filosofia Oriental e a Prática do Shiatsu no dia a dia (Arnaldo V. Carvalho)
    9H-12H Estação de tratamento com Shiatsu (Equipe Shiem)
    15H Filosofia Oriental e Prática do Shiatsu no dia a dia (Juliano Antoniassi)
    16:30-18:30H Estação de Tratamento com Shiatsu (Equipe Shiem)
    CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO ORIENTE-SE AQUI:
    Notícias

    Congresso gratuito de Shiatsu Online começa campanha e já tem mais de cem inscritos logo no primeiro dia.

    O I Congresso Internacional de Shiatsu, idealizado por Arnaldo V. Carvalho abriu suas inscrições neste final de semana e de cara já obteve mais de cem inscrições.

    Organizado em eixos temáticos, o congresso conta com palestrantes reconhecidos, de norte a sul do Brasil, além de alguns professores de fora. Contempla tanto pessoas interessadas em saber mais sobre o Shiatsu e seu potencial transformador, quanto quem já pratica Shiatsu em nível profissional ou amador.

    Os temas de interesse do praticante estão distribuídos de maneira equilibrada, pelos seguintes eixos temáticos:

    • Shiatsu e Sociedade (Família e Social)
    • Desenvolvimento Técnico e Estilos
    • Planejamento de Carreira
    • História, filosofia e pensamento oriental
    • Mente, emoções e Shiatsu
    • Tratamentos específicos, cases e Trajetórias Profissionais
    • Outras abordagens complementares

    Para cada um desses eixos, há palestras especialmente reservadas. Professores destacados internacionalmente, como o brasileiro Valério Lima falará sobre o Kangendo Shiatsu, estilo desenvolvido no Brasil. Os espanhois Emílio Estivill e Fernando Cabo falarão sobre autoshiatsu emocional e shiatsu em hospitais, respectivamente. E o chileno italiano Douglas Gattini bem como Hirã Salsa, presidente da Associação Brasileira de Shiatsu, estarão falando sobre o Shiatsu na vida cotidiana, na sociedade. Professora Alice Keiko, Arnaldo V. Carvalho e Alex Santos estarão falando sobre emoções, energia e Shiatsu. Eixos temáticos em comum, mas trabalhos muito diferentes.

    O congresso ainda reserva espaço para produção acadêmica, onde André Kimura mostrará um trabalho científico relacionado ao tratamento da fibromialgia com Shiatsu.

    E para trabalhos com forte embasamento tradicional do oriente, como a palestra da prof. Suzete Coló.

    Haverá ainda espaço para terapias que se complementam ao Shiatsu, como a Kinesiologia e a Mioterapia, para a apresentação de trabalhos inovadores como o Shiatsu Sensorial e o Shiatsu Dança, entre outros temas.

    “De fato, nos esmeramos para encontrar um bom nível técnico e equilíbrio entre diferentes áreas de interesse de quem pratica Shiatsu ou está interessado em conhece-lo”, diz Arnaldo V. Carvalho.

    É uma iniciativa inédita do Brasil, realizada pela Shiem associada à Sharpspring.

    Por sete dias, serão ao todo 21 palestras, três palestrantes por dia, com apresentações que podem ser assistidas de forma gratuita por qualquer dispositivo com acesso a Internet (computador, celular, tablet, TV).

    Aqueles que desejarem poderão adquirir o pacote de palestras para assistir a qualquer tempo, que virá com material bônus.

    Para conhecer os palestrantes, os temas e se inscrever, basta entrar no site do congresso: http://www.congressodeshiatsu.com.br/